segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Mão e Contramão

Por que é que se usam as palavras MÃO e CONTRAMÃO no trânsito de veículos?

O engarrafamento é mais antigo que o automóvel. No século XIX, a circulação de carruagens e carroças nas ruas do Rio de Janeiro ficou tão infernal que, em 1847, o governo expediu um edital estabelecendo direções únicas nas vias mais movimentadas.

Para orientar os condutores dos veículos, foi afixada em cada esquina uma placa de metal com o desenho de uma (pausa) mão com o dedo indicador estendido, apontando a direção do trânsito.

Depois veio o automóvel, as mãos das placas viraram setas, mas as expressões MÃO e CONTRAMÃO já estavam definitivamente consagradas pelo uso popular.

Fonte:IG Educação

Aaahhh, agora sim!!!

sábado, 19 de dezembro de 2009

Homem aposta e perde sua esposa na Índia

Um homem do norte da Índia apostou sua esposa durante uma partida de cartas e teve que cedê-la a outro jogador, informou hoje a Polícia, que conheceu o caso quando a mulher conseguiu escapar da casa do ganhador da aposta.

A esposa, de 32 anos, procurou a Polícia após sair da casa do homem com o qual seu marido tinha jogado a partida.

"A mulher, que nos procurou na terça-feira, disse que seu marido, Raheesu, a apostou quando perdeu todo seu dinheiro", disse um oficial do distrito de Baghpat, em declarações citadas pela agência "Ians".

"Raheesu perdeu a partida contra um tal Feroz, e forçou a sua mulher a ir com o outro jogador à casa dele", acrescentou.

Segundo a fonte, tanto Raheesu quanto Feroz estão desaparecidos. A Polícia iniciou uma operação de busca e ordenou o início de uma investigação sobre o assunto.

"O caso é escandaloso. Iniciamos uma investigação e prometemos tomar medidas estritas contra os responsáveis", assegurou o oficial de polícia M.P. Singh.

Em muitas áreas rurais da Índia, as mulheres são tratadas como cidadãs subordinadas, e se considera que devem ter obediência a seus maridos, frequentemente após um casamento arrumado que prevê o pagamento de um dote por parte da família dela.

Fonte: UOL notícias

Ah, no Brasil isso acontece também!!

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Fundação Sarney aluga convento para festa sexy

Em vias de fechar as portas, alegando falta de dinheiro, a Fundação José Sarney inovou na captação de recursos. No último dia 7, a entidade alugou sua sede, o imponente Convento das Mercês, no Centro Histórico de São Luís, para evento nada ortodoxo: uma festa sexy.

O pátio e os largos corredores do convento - inaugurado no século 17 por padre Antonio Vieira - serviram de palco para um evento ao som das garotas do Female Angels, cuja especialidade, além do estilo musical, Sexy House, é a sensualidade das integrantes.

"Liberte suas fantasias", dizia o convite, que destacava a proibição para menores de 18 anos. A festa reuniu 1.500 pessoas nas contas do organizador, o empresário Alexandre Maluf. Tudo dentro da mais absoluta responsabilidade, disse. "Houve até distribuição de camisinhas." Maluf não quis contar quanto pagou pelo aluguel do local. "Isso eu não vou dizer, mas garanto que foi tudo legal. O contrato estava fechado há bastante tempo." Os ingressos custavam de R$ 60 a R$ 150.

O convento, construído em 1654, foi doado em 1990 à fundação pelo então governador João Alberto, aliado dos Sarney. Ali funciona um museu destinado à exaltação da carreira do atual presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). As despesas são bancadas por amigos e dinheiro público. Um dos patrocínios partiu da Petrobras - o jornal O Estado de S. Paulo revelou que, de R$ 1,3 milhão, R$ 500 mil foram para empresas fantasmas ou da família Sarney.

A Justiça Federal determinou que a fundação devolva o convento, tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional, mas a decisão ainda não foi cumprida.

Fonte: Último segundo


Não vejo problemas nisso. Afinal, tudo acaba em putaria mesmo.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Chilena do levantamento de peso dá à luz durante treino, em SP

A levantadora de peso chilena Elizabeth Poblete teve uma surpresa das mais curiosas durante um treinamento em São Paulo. Depois de passar mal durante o treino, ela deu à luz um bebê, sendo que nem ao menos sabia que estava grávida.

Elizabeth está em São Paulo, para onde veio para realizar duas semanas de treinos, segundo o “Bom Dia Brasil”, daTV Globo. Ela veio ao Brasil para um período de preparação no Clube Pinheiros, e na terça-feira teve a criança, um menino.

O bebê nasceu com apenas seis meses de gestação e, por ter muito pouco peso, apenas 1,150 kg, está recebendo cuidados especiais na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital São Luiz, em São Paulo. Ele também apresenta insuficiência respiratória e respira com a ajuda de aparelhos.

Elizabeth teve alta na sexta-feira, mas teria deixado o hospital por não ter condições de arcar com os custos da internação. Ainda assim, tem visitado a criança diariamente.

Elizabeth Poblete disputou os Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, na China, e também participou dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, um ano antes. Nas Olimpíadas, foi a 12ª colocada na final da categoria até 75 kg. No Pan, foi sexta na mesma categoria

EFE

Elizabeth Poblete deu à luz um menino durante um treino em SP

Fonte: UOL Esportes



sábado, 12 de dezembro de 2009

Homem vestido de duende ameaça Papai Noel e é preso

Um homem vestido de duende foi preso nessa quinta-feira em Atlanta, depois de dizer para um homem vestido de Papai Noel que estava carregando dinamite. A polícia de Atlanta disse que o shopping Soutlake Mall, onde trabalhava o Papai Noel, foi evacuado, mas não foram encontrados explosivos.

William Caldwell, de 45 anos, foi preso após a denúncia falsa. Ele não era da equipe de natal do shopping Soutlake Mall. Segundo a polícia, Caldwell entrou na fila para tirar fotos com o Papai Noel e quando chegou a sua vez, ele anunciou que tinha dinamite na sua mochila.

A segurança do shopping foi chamada e Caldwell foi preso. Ele tem várias passagens pela polícia americana, inclusive por ameaças terroristas.

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Bebê tranca mãe em armário por sete horas

Uma neozelandesa passou sete horas dentro de um guarda-roupa escuro após ter sido trancada pelo filho de 14 meses.

Karen Kilgour, de 32 anos, estava arrumando as roupas do filho Harry por volta das 9h30 quando a criança empurrou a porta do armário embutido.

Karen estava sozinha com o bebê na casa da família, em Auckland.

A vendedora de antiguidades tentou por três horas, sem sucesso, abrir a porta do guarda-roupas, de apenas 40 centímetros de profundidade, empurrando com o quadril e usando cabides e outros objetos. Por ser um móvel antigo, só era possível abri-lo puxando a maçaneta para baixo pelo lado de fora.

Foto: Arquivo pessoal/BBC
Karen Kilgour e o pequeno Harry. (Foto: Arquivo pessoal/BBC)

Fonte: BBC Brasil

domingo, 6 de dezembro de 2009

Homem compra PlayStation na Sta. Ifigênia e leva caixa com areia

Após comprar um PlayStation 2 com um ambulante na r. Santa Ifigênia (centro), O.I.N., 33, teve uma desagradável surpresa. Chegando em casa, ele percebeu que o peso da caixa não correspondia ao videogame, mas a um saco de areia.

"Não tinha produto. Tinha um saquinho de areia", descreveu a vítima, afirmando que a embalagem estava devidamente lacrada, tal qual a de um console novo. O valor do prejuízo: R$ 150. O fato ocorreu no último sábado (28) e o presente era para o filho do gráfico.

O.M./Arquivo Pessoal
PlayStation 2 falso, com o saco de areia no lugar do videogame; no golpe, vítima desembolsou R$ 150 na Santa Ifigênia
PlayStation 2 falso, com saco de areia no lugar do videogame; no golpe, vítima pagou R$ 150 na Santa Ifigênia

"Depois, fui pesquisar e vi que era um valor muito abaixo do mercado", lamenta. O preço "em conta" do videogame, cuja fabricante é a Sony, é R$ 449.

O. diz que foi atrás do ambulante, horas depois. Já era tarde, o responsável pelo golpe havia sumido. O gráfico disse não ter registrado boletim de ocorrência.

"Fiquei sem graça. O que eu quero, na verdade, é informar as pessoas que têm filhos e sobrinhos, e que compram isso no Natal para eles. É uma decepção, né." O filho de O., de oito anos, não soube do ocorrido até agora.

"Agora, vou tentar ir atrás de um [PlayStation] original. É melhor, com certeza."


Fonte: Folha online

Com mais alguns desses dá pra fazer um tanque de areia para playground. Pelos menos a criança seria mais saudável...


sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Modelo inovador de presídio dá chave da porta a detento em Minas

O porteiro Waldenei Ramos, 29, destranca o cadeado, abre a porta e sorri ao recepcionar os visitantes. Quem vê a cena nem imagina que ele cumpre pena por roubo e dois anos atrás estava em um presídio de segurança máxima da região metropolitana de Minas Gerais.

As coisas nas chamadas Apacs (Associações de Proteção e Assistência aos Condenados) são bem diferentes de uma penitenciária convencional e podem chocar o expectador acostumado às imagens de superlotação, sujeira, abusos e violência. No novo modelo prisional adotado no Estado, o preso literalmente detém a chave da cadeia.


Enquanto cumpre pena, Ramos é o responsável não só pela portaria, como também pela escolta dos outros detentos. Isso significa que quando alguém precisa ir ao médico, por exemplo, é ele que faz o acompanhamento. Os presos vão e voltam por conta própria em carros da unidade.

"O que me faz voltar é a minha responsabilidade", resumiu ele, que já cumpriu dez anos na penitenciária Nelson Hungria, em Contagem. "Quando saí daqui pela primeira vez, para cantar com o coral em Itaúna [MG], fazia oito anos que eu estava preso. Mesmo assim, aqui eu tinha uma chance de recomeçar a vida", contou.

"É uma relação de confiança e de corresponsabilidade. Um preso é responsável pelo outro. Se um foge, a culpa é do outro", explicou o subsecretário de administração prisional do Estado, Genilson Ribeiro Zeferino

O lugar também chama a atenção por não ter guardas prisionais ou qualquer pessoa armada. A construção tem áreas verdes, um pátio sem muros, galpões para atividades, salas e dormitórios sem grade. Os presos passam o dia trabalhando e são responsáveis por todo o funcionamento da unidade, seja na cozinha, no armazém, no barbeiro, no jardim ou na limpeza.

Eles também cuidam das punições àqueles que saem da linha. Não são tolerados celulares, drogas, tentativa de fuga ou agressão. O Conselho de Sinceridade e Solidariedade (CSS), formado por nove presos eleitos, é responsável por recomendar os castigos à direção da unidade. Na maioria das vezes, a pena é ficar alguns dias isolado em celas "repensando a vida" --não há punições físicas.

A Apac é uma associação formada por membros da comunidade, que elegem uma diretoria responsável pela gestão da unidade. O governo entra com os recursos. Em Santa Luzia, os diretores vieram da PUC de Minas Gerais, da arquidiocese de Belo Horizonte e da Congregação Irmãos Marista.

O método usado, segundo explica a diretora Mary Lúcia da Anunciação, baseia-se em três pilares: amor incondicional ao preso, confiança e disciplina. Ele parte do princípio de que ninguém é irrecuperável, de que é preciso promover a dignidade humana e de que com a participação da comunidade a chance de reinserção é muito maior.

"Não temos garantia nenhuma na vida, não é? Mas aqui o preso é o principal protagonista da confiança e deve responder a isso. Se você trata bem, trata como ser humano, confia, oferece condições para ele mudar e cobra disciplina, eles respondem", disse.

O choque de realidade também faz parte do processo. Os detentos precisam passar pelos presídios convencionais antes de serem aceitos na Apac.

Outra premissa do trabalho é não identificar o preso pelo crime. "Dizemos que aqui entra o homem e o crime fica do lado de fora. Nem eu sei que crime cada um deles cometeu. Aqui, presos por estupro convivem com os outros", contou Mary Lúcia.

Segundo ela, ali vivem homens condenados por estupro, latrocínio e homicídio, por exemplo, mas cerca de 70% dos presos responde por tráfico de drogas ou roubo.

Por mais surreal e até piegas que pareça, aparentemente funciona. Desde que a unidade de Santa Luzia, a 16 km de Belo Horizonte, foi inaugurada, há quase quatro anos, oito presos fugiram, índice considerado baixíssimo pelo subsecretário. Os casos, fez questão de frisar Zeferino, foram registrados nos três primeiros meses de funcionamento do modelo.

A unidade abriga 129 presos, sendo que 92 deles cumprem pena em regime fechado e 38 em semi-aberto.

Um dos presos do semi-aberto é Henrique Mendes Pereira, que veio da cadeia do Palmital, também em Santa Luzia. Há 11 meses na Apac, ele se prepara para ganhar a liberdade e contou que naquela tarde sairia para acompanhar pela primeira vez o ultrassom da mulher, grávida da primeira menina do casal. "Ela vai nascer no mês que eu vou sair daqui", festejou. No regime semi-aberto, os detentos têm direito a cinco saídas por ano de sete dias cada.

Pereira falou sobre a vida na unidade: "É bom, melhor que antes. No sistema comum é muita tortura psicológica. Aqui não, né? Aqui eu posso voltar pra sociedade com dignidade. É isso que me mantém aqui e me faz ter esse comportamento".

O governo de Minas mantém 25 Apacs, que juntas podem abrigar 1.518 presos. Nesse modelo não há superlotação ou rebeliões. O problema é que enquanto milhares de presos se acotovelam nos outros presídios do Estado -que possui um déficit de cerca de 12 mil vagas-- sobram 323 vagas nas unidades de reintegração. Só na unidade de Santa Luzia, há 71 vagas.

"O juiz de execução faz uma transferência gradativa dos presos para cá. São escolhidos aqueles que têm família na região, porque o foco é a reintegração com a sociedade e a família facilita isso", explicou Mary. "Além disso, o preso precisa querer vir para cá e aceitar as condições, se dispor a agir de maneira responsável. Há casos de quem não queira. Não são muitos, mas há".

Segundo ela, o tipo de delito e o tamanho da pena não são levados em conta na hora de determinar quem será convidado para integrar uma Apac


Fonte: UOL notícias

E ainda dizem que o Brasil não é um país moderno.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Para pensar

PESSOAS INTELIGENTES (ARNALDO JABOR)


Conta-se que numa cidade do interior um grupo de pessoas se divertia com o idiota da aldeia.Um pobre coitado, de pouca inteligência, vivia de pequenos biscates e esmolas.

Diariamente eles chamavam o idiota ao bar onde se reuniam e ofereciam a ele a escolha entre duas moedas: uma grande de 400 REIS e outra menor, de 2.000 REIS.

Ele sempre escolhia a maior e menos valiosa, o que era motivo de risos para todos.

Certo dia, um dos membros do grupo chamou-o e lhe perguntou se ainda não havia percebido que a moeda maior valia menos.

"Eu sei" - respondeu o tolo assim: "Ela vale cinco vezes menos, mas no dia que eu escolher a outra, a brincadeira acaba e não vou mais ganhar minha moeda."


Pode-se tirar várias conclusões dessa pequena narrativa.

A primeira: Quem parece idiota, nem sempre é.
A segunda: Quais eram os verdadeiros idiotas da história?
A terceira: Se você for ganancioso, acaba estragando sua fonte de renda.

Mas a conclusão mais interessante é:

A percepção de que podemos estar bem, mesmo quando os outros não têm uma boa opinião a nosso respeito.

Portanto, o que importa não é o que pensam de nós, mas sim, quem realmente somos.

"O maior prazer de uma pessoa inteligente é bancar o idiota, diante de um idiota que banca o inteligente"

Enviado por e-mail

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Empresa aluga galinhas para quem quer ovos frescos em casa

Uma empresa espanhola está oferecendo galinhas de aluguel para que as pessoas possam obter ovos frescos direto da fonte. O serviço, criado por dois jovens agricultores de Navarra, no nordeste da Espanha, inclui a entrega do animal a domicílio, galinheiro, ração e a garantia de ao menos seis ovos por semana.

O aluguel custa cerca de R$ 190 por mês e pode ser feito por um período máximo de um ano, já que, segundo os idealizadores do serviço, as galinhas são animais sociáveis e não precisam de um galo para botar ovos, mas se deprimem depois de uma longa temporada sem outros seres de sua espécie por perto.


Aluguel de galinha sai por cerca de R$ 190 ao mês / Reprodução

A empresa, chamada "Aluga uma Galinha", está no mercado há três meses, mas o sucesso é tanto que já estão surgindo pedidos de outros países europeus, como França e Alemanha.

Um dos sócios, Eduardo Otxoa Rodrigo, diz estar surpreso com o sucesso do projeto, principalmente entre famílias de classe média alta de centros urbanos como Madri.

"Talvez porque muitas crianças nem saibam de onde vêm os ovos e estão descobrindo as possibilidades de um animal de companhia meigo, útil e que não dá trabalho, porque não precisamos levá-lo para passear", afirma.

Otxoa diz que os animais de sua granja são nascidos e criados em liberdade e, por isso, não são recomendados para apartamentos pequenos ou casas sem jardim.

No site da companhia, Otxoa avisa que a falta de jardim não é um impedimento para o aluguel, mas sim uma dor de cabeça para o consumidor, que teria de limpar frequentemente a casa, e porque as galinhas são mais felizes na terra ou grama.

Depois do prazo máximo de aluguel, de um ano, a opção é devolver, comprar ou apadrinhar a galinha. A compra definitiva do animal com o galinheiro sai por por R$ 500 e inclui comida para um ano e outra galinha de presente.

Quem gostou do animal, mas decide devolvê-lo, pode apadrinhá-lo por R$ 100 por mês, com direito a todos os ovos postos pela galinha, além de visitas à granja

Fonte: BBC Brasil

e boa semana pra vc q está lendo essa bobagem...cocoricó!!

domingo, 29 de novembro de 2009

Foto nua de Carla Bruni é vendida por 6 mil euros

Uma foto da primeira-dama da França, Carla Bruni, que em 1993 posou nua para o fotógrafo Michel Comte, foi vendida por 6 mil euros (US$ 9 mil), informou nesta segunda-feira (23) a casa de leilões Piasa.

A fotografia em preto e branco pertence a uma série de 20 fotografias que lembram o quadro Les Poseuses de Georges Seurat, disseram à Agência Efe fontes da casa de leilões.

A imagem foi adquirida por um comprador particular anônimo depois que o exemplar não teve comprador em um leilão realizado pela Piasa na sexta-feira (20), em Paris.

Em abril do ano passado, a casa Christie's vendeu uma fotografia idêntica por 60 mil euros (US$ 91 mil), semanas depois que a ex-modelo se casou com o presidente da França, Nicolas Sarkozy.

Foto de Carla Bruni será vendido em Berlim Foto: Reprodução


Fonte: EFE

E a minha não vale nem 1 Real né?

sábado, 28 de novembro de 2009

Ator global faz barraco em casa de swing de São Paulo

Um jovem ator global, irmão de uma cantora bem entrelaçada, colocou de pernas para o ar a casa de swing paulistana Nefertiti, na madrugada de 25/11.

Ele havia ido para a festa de lançamento da dupla Balaio 2 Gatos, ex-dançarinos do Calcinha Preta que formaram um novo grupo.

O garoto se animou tanto que resolveu entrar no reservado. A "Ronaldinha" Susana Pitelli, habitué da casa, jurou que o cara estava entrando por causa dela. Que decepção. O que ele queria mesmo era um outro rapaz.

Mas, ao perceber que no local havia um fotógrafo de uma agência de notícias, o ator quase surtou. Um amigo dele, que se identificou como guarda-costas, ameaçou agredir o fotógrafo e todos os seguranças foram chamados. "Isso vai destruir minha imagem. Eu não frequento esse tipo de lugar. Eu não sabia", dizia o ator.

Ele até podia não saber do lugar, mas sabia muito bem o que queria. Não se fazem mais galãs como antigamente.


Fonte: Terra

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Testado remédio que pode prevenir e tratar cólica

Todo mês é a mesma história, as cólicas teimam em tirar o sossego de boa parte das mulheres. E a companhia farmacêutica Vantia Therapeutiscs, do Reino Unido, quer deixar o problema para trás com o medicamento oral VA111913, ainda em fase de testes, que pretende preveni-lo e tratá-lo.

"Dismenorreia (cólica) afeta um grande número de mulheres e não há uma terapia para tratar a condição. VA111913 tem mostrado que normaliza as contrações do músculo liso e, desse modo, o potencial de ir direto à causa da dismenorreia, atuando no músculo liso na parede do útero", disse o diretor-executivo da Vantia Therapeutiscs, Jim Phillips. "Acreditamos que poderia oferecer uma alternativa efetiva à grande quantidade de analgésicos e uso de contraceptivos", acrescentou.

Segundo a empresa, a novidade está na segunda fase de experiências. Vai ser testada em 128 mulheres entre 18 e 35 anos com dismenorreia primária (quando não há lesões nos órgãos pélvicos) que limita as atividades diárias e requer o uso de remédios para aliviá-la.

As voluntárias receberão o produto e placebos durante ciclos menstruais consecutivos e vão avaliar a dor, sangramento e quantidade de analgésicos que precisaram para aliviar o incômodo. Podem tomar por, no máximo, seis dias seguidos, começando dois dias antes da menstruação. Os resultados devem sair em 2010.

Com informações da Reuters


Eu vou ser o primeiro a comprar

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Homem diagnosticado com 'coma' passa 23 anos consciente

Um erro de diagnóstico fez um homem passar 23 anos consciente e "amarrado" a uma cama, enquanto médicos pensavam que ele estava em coma, na Bélgica.

Rom Houben, que tinha 23 anos quando sofreu um acidente de carro que o deixou completamente paralisado, foi submetido a vários exames normalmente utilizados para diagnosticar o coma, baseados em respostas motoras, verbais e oculares.

Ele, no entanto, escutava e via tudo o que acontecia à sua volta, sem conseguir se comunicar com médicos, familiares e amigos.

Apenas alguns meses atrás, exames com aparelhos de tomografia de última geração mostraram que seu cérebro estava funcionando de maneira praticamente normal.

Mensagens

Houben foi então submetido a várias sessões de fisioterapia e agora consegue digitar mensagens em uma tela de computador. Um aparelho especial colocado sobre sua cama permite que ele leia livros mesmo deitado.

"Nunca vou me esquecer do dia em que descobriram qual era o meu verdadeiro problema. Foi meu segundo nascimento", disse. "Todo este tempo eu tentava gritar, mas não havia nada para as pessoas escutarem."

Frustração é uma palavra muito pequena para descrever o que eu sentia", afirmou, Houben, que deve permanecer internado em uma clínica perto de Bruxelas.

O neurologista Steven Laureys, que liderou a equipe que descobriu a situação de Houben, publicou um estudo há dois meses alertando que muitos pacientes considerados em estado de coma na verdade podem estar conscientes.

"Apenas na Alemanha, a cada ano, 100 mil pessoas sofrem de traumatismo cerebral grave. Estima-se que de 3 mil a 5 mil deles se mantêm presos em um estágio intermediário entre o coma verdadeiro e a total recuperação de seus sentidos e movimentos. Eles seguem vivendo sem nunca mais voltarem", disse Laureys, chefe do Grupo de Coma do Departamento de Neurologia da Universidade de Liège.


Fonte: BBC Brasil


sábado, 21 de novembro de 2009

Ladrão é reconhecido e preso por causa da sua "aparência de Shrek"

Um ladrão foi preso por causa da sua aparência do personagem Shrek. Segundo o tabloide britânico "The Sun", o criminoso David Holyoak, de 33 anos anos, foi facilmente reconhecido pelos policiais por causas de suas grandes orelhas que o tornam parecido com o personagem Shrek.

Ele foi preso após uma série de crimes em Manchester e Lancashire, no Reino Unido. Holyoak faz parte de uma gangue que roubou um banco, em Longridge, e ameaçou a caixa com uma marreta, diz o jornal britânico "Daily Mail".

Após o Holyoak ser condenado a três anos e meio de prisão, um policial comentou: "Ele apenas tem que olhar para o espelho para perceber que assalto não é para ele". "Ele deve ser um dos ladrões mais feios do mundo", acrescentou.

Reprodução

Orelhas grandes fizeram ladrão ser comparado ao personagem Shrek


Fonte: UOL notícias com informações do "The Sun" e do "Daily Mail"

Não se pode nem ser feio nesse mundo. To ferrado.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

"Pílula do desejo" a caminho do mercado mundial

Na reta final de lançamento, remédio é apelidado de "Viagra para mulheres" e atua no mecanismo cerebral que ativa a libido


Após mais de uma década do lançamento do Viagra está em fase final de testes a versão feminina do medicamento que revolucionou o comportamento sexual masculino tratando problemas de ereção (a disfunção erétil).


Desenvolvida pela farmacêutica alemã Boehringer Ingelheim, a nova pílula aumenta a libido feminina agindo diretamente no cérebro.


O mecanismo de atuação foi descoberto acidentalmente, em 2002. Na busca por um tratamento para depressão, a empresa tropeçou em um composto que, em vez de levantar o ânimo das pacientes, aumentava o apetite sexual. Após um período inicial de hesitação, a empresa resolveu investir na nova descoberta. Batizado de flibanserin o princípio ativo ajuda a restaurar o equilíbrio entre mecanismos de excitação e inibição da resposta sexual, agindo diretamente nos neurotransmissores cerebrais.


“O medicamento pode finalmente mudar a ideia de que a diminuição do desejo não envolve apenas um parceiro sexual ruim, mas pode estar relacionada a uma disfunção no funcionamento do cérebro”, afirmou ao site da Bloomberg norte-americana o neurologista Jim Pfaus, da Concordia University, em Montreal, no Canadá, que conduziu os primeiros experimentos em ratos com a “pílula do desejo”.


Os testes foram realizados com mais de duas mil mulheres nos Estados Unidos, Canadá e Europa, usando quatro diferentes dosagens do medicamento. Apenas a maior delas, de 100 miligramas, se mostrou eficaz. De acordo com o jornal britânico The Independent, aquelas que tomaram o medicamento na dose correta afirmaram ter alcançado mais satisfação e maior frequência nas relações sexuais, além de aumento do desejo. Para os pesquisadores a nova descoberta é, apesar do mecanismo de ação distinto, uma espécie de Viagra feminino.


Enquanto a Boehringer recruta mulheres com mais de 40 anos para seguir com os testes, os resultados obtidos até agora já foram suficientes para transformar o flibanserin em foco de atenções no 12º Congresso da Sociedade Européia de Medicina Sexual, que termina amanhã em Lyon, na França. Se conseguir comprovar sua eficácia e segurança no tratamento de um dos maiores dramas femininos, a perda da libido, a medicação pode chegar ao mercado dentro de 3 anos. A expectativa é de que as vendas do medicamento ultrapassem as cifras obtidas com a comercialização dos remédios para disfunção erétil – 2 bilhões de dólares por ano.

* Com agência

Fonte: Ig Saúde

Ta aí uma coisa que quero ver

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Curso que ensina masturbação para jovens causa polêmica na Espanha

Um novo curso escolar que ensina masturbação a jovens de 14 aos 17 anos está provocando polêmica entre pais e educadores na Espanha. O curso faz parte de um programa introduzido pelas Secretarias de Educação e Juventude da província de Extremadura, e intitulado "O prazer está em suas mãos".

Ele pretende acabar com mitos para que os adolescentes entendam a sexualidade de forma natural.

As aulas sobre sexo serão facultativas nas escolas de segundo grau da província de Extremadura (oeste do país) a partir de novembro. Os conteúdos vão de anatomia e fisiologia sexual masculina e feminina até técnicas de masturbação e uso de objetos eróticos.


"O prazer está em suas mãos", diz o cartaz da campanha

Para a secretária de Juventude de Extremadura, Laura Garrido, o novo curso "não deveria escandalizar a ninguém, principalmente porque todos nós fomos adolescentes algum dia e todos nós temos sexualidade".

Consciente das críticas de grupos de pais de alunos e veículos de comunicação conservadores, que classificaram a atividade escolar de imoral e irresponsável, a secretária disse à BBC Brasil que "resumir tudo em uma polêmica sobre como sentir prazer é uma barbaridade".

"O programa tem muitos mais aspectos, como hábitos saudáveis, auto-estima, afetividade, identidade de gênero, doenças de transmissão sexual... e esperamos derrubar muitos mitos negativos sobre a masturbação, é óbvio".

Dúvidas

A Secretaria de Educação de Extremadura elaborou 1.200 livros em formato revista com exemplos de dúvidas habituais de adolescentes sobre o tema e as respectivas respostas de educadores e sexólogos.

O material didático das aulas inclui mapas da anatomia humana, explicações sobre tipos de brinquedos eróticos, endereços úteis e até um baralho que coloca os jogadores em exemplos de situações de risco como uma ereção prolongada ou uma infecção genital, para que saibam como resolver os problemas.

Os slogans do curso escolar - "O prazer está em suas mãos" e "Prazer quando e onde você quiser" - foram aprovados pelo Instituto da Mulher de Extremadura (ONG que reúne associações feministas locais), porque consideram as aulas necessárias para que os jovens entendam que o sexo não é apenas um ato físico.

"Se esse curso conseguir que os nossos filhos se desenvolvam através de uma sexualidade saudável, será mais fácil evitar condutas discriminatórias e agressivas em suas relações", disse à BBC Brasil a diretora geral do Instituto da Mulher, Maria José Pulido.

"É importante que pais e educadores possam tratar a sexualidade como um comportamento, uma expressão afetiva e de saúde também".

Fórum na internet

Mas nem todos os pais de alunos estão de acordo. A Associação de Pais Católicos de Extremadura formou um grupo de protesto chamado "Cidadania para a Educação" e ameaça levar o governo regional aos tribunais.

O grupo abriu um fórum de debate na internet e enviou uma carta ao governador local reclamando do novo curso escolar.

"Exigimos ser informados previamente da natureza, do conteúdo e da orientação de toda atividade que tenha alguma implicação de caráter moral, porque somos os primeiros e principais educadores de nossos filhos", diz a carta.

A presidente da associação, Margarita Cabrer, disse à BBC Brasil que ainda não recebeu resposta do governo e que o grupo de pais estuda vias legais para processar o Estado se o curso continuar até o fim do ano letivo (junho de 2010).

"O problema não é o ensino de masturbação. Não me preocupa que meus filhos se masturbem. O que me preocupa é que um adulto, cujos hábitos e valores morais eu desconheço, seja quem ensine os meus filhos a fazê-lo", afirmou.

Cabrer disse também que espera uma intervenção imediata do Juizado de Menores de Extremadura, porque acha que o curso pode infringir o código penal nos artigos sobre corrupção de menores.

A assessoria de imprensa do Juizado de Menores de Extremadura não quis fazer comentários sobre o assunto à BBC Brasil.

Fonte: BBC Brasil


Bom, pelo menos o curso seria um sucesso de público